incentivo dos valores sociais de conduta conforme as escrituras sagradas cristãs

ASSOCIAÇÃO DE ESTUDANTES DE MÚSICA GEM-ADEPS ESTATUTO SOCIAL: Art.6º - A formação inicial do GEM-ADEPS se construiu em valores de conduta ética cristã, alicerçada em fundamentos oriundos da Bíblia Sagrada (versão Revista e Corrigida de João Ferreira de Almeida). Assim, adota como princípio que, em suas dependências, tais valores sejam preservados por seus membros. Através dos membros constituintes (fundadores) ou convidados, atividades de conscientização e incentivo de tais valores de conduta social ocorrerão em pequenos encontros semanais ou diários baseados no uso de textos bíblicos. Estes encontros sobre ética cristã podem se tornar uma atividade sócio-educativa e cultural abertas ao publico, mas não constituem uma obrigação de participação para nenhum dos membros associados, visitantes na Associação ou funcionários. As atividades vinculadas a esses encontros serão divulgadas através de recados em murais, em quadros de avisos especiais, em links na internet, etc, cabendo aos interessados manifestarem o seu interesse de participação. O teor do presente artigo, não constituirá de maneira alguma, elemento de distinção ou discriminação entre os membros da Associação.
§ único - As pesquisas étnicas ou estudos sobre manifestações musicais religiosas deverão ter cunho estritamente científico e acadêmico, não podendo objetivar cultos religiosos. Quando necessário, atividades acadêmicas ou mostras artísticas e culturais, que possam ferir princípios ideológicos (ou religiosos) de determinado local disponibilizado para realizações, serão transferidas para outras localidades, em respeito aos princípios das instituições sediadoras de eventos.

O que é ética cristã? Ética Cristã, é um conjunto de valores de conduta descritos no contexto da bíblia sagrada tomada como uma totalidade: valores morais, sociais, etc. São valores que regem atualmente grande parte da legislação e dos códigos de ética internacionais para se viver em sociedade.

Encontros abertos sobre VALORES ÉTICOS CRISTÃOS

Em acordo com o Art.6º - Estatuto do GEM-ADEPS

A formação inicial da Associação de Estudantes de Música GEM-ADEPS teve como base valores de conduta ética cristã, alicerçados em fundamentos oriundos da Bíblia Sagrada. Atendendo o desejo de seus membros instituidores, a associação adota como princípio que tais valores de conduta social sejam preservados por seus membros em suas dependências.

Os encontros livres são pequenas reuniões semanais GRATUITAS baseadas no uso de textos bíblicos para conscientização e incentivo desses valores. Os encontros foram coordenados inicialmente pelos fundadores do então Projeto GEM; em 2005, foi coordenado pela estudante Rosemeire Souza Cabral - Grad. em Teologia pela FAESP (quando ocorria às sextas-feiras das 20h30 às 22h à R. Benjamin Constant, 44 ou à Rua Raul Pompéia, 75 no Jardim d´Abril - Osasco, SP).

Atualmente, mini-encontros e discussões ocorrem esporadicamente/informalmente em pequenos momentos devocionais de eventualidades especiais do GEM (eventos de entretenimento, encontros, viagens, etc). Suas atividades, artigos, comentários e demais registros históricos ocorrem a partir deste blogspot site oficial e dos websites de todos os tipos vinculados a esta página pela direção ou vinculados ao site gerenciador de espaços virtuais do GEM-ADEPS.

A presente atividade sócio-educativa e cultural sobre valores éticos de conduta é sempre ABERTA AO PÚBLICO e não constitui uma obrigação de participação para nenhum dos membros associados, visitantes na associação ou funcionários.

Os encontros são divulgados através de recados em murais, blogs, em quadros de avisos especiais, em links na internet, etc, cabendo aos interessados manifestarem o seu interesse de participação. Não constitui de maneira alguma, elemento de distinção ou discriminação entre os membros da associação e não proporciona gastos para o GEM-ADEPS ou para os associados.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Bíblia: Verdade Absoluta?


Alguém tem dúvida de que a bíblia não é verdade? Muito bom, vale a pena conferir: http://www.facebook.com/groups/152598894795692/345466175508962/

por  Marcos Blasques
Sim, não posso me omitir nunca a uma pergunta assim quando leio. Eu mais que duvido da veracidade da maior parte dos valores éticos morais cristãos contidos nas escrituras sagradas, na verdade, tenho convicção de que a Palavra é viva e eficaz, mas que sua essência nada tem a ver, por exemplo, com as normas de conduta "ditadas" ali "pela humanidade". Muitas das regras ali presentes são humanas, soluções do homem para impedir outros homens de terem atitudes culturais diferentes das suas, ou seja, atitudes preconceituosas de pessoas (tidas como referências) sobre o distinto mesmo, ou cobranças das outras pessoas para esses líderes sobre a tomada de "posturas de justiça" contra atitudes humanas diferentes das suas (posturas que, para eles, sendo diferentes, causavam estranhamento cultural e, consequentemente, eram taxadas como abominações, pecados, impurezas). Quando tomadas como leis imutáveis em historicidades diferentes, essas leis humanas geram morte, desamor, contentas, brigas, dissenções, etc. Deus não está nisso! Eu tenho certeza que o meu Deus é superior a essas futilezas humanas, que se ele se importasse realmente com briguinhas de imposição de valores, por diferenças de opinião sobre condutas sócio-culturais que não afetem as pessoas da comunidade, etc, Ele seria tão limitado como nós! Mas Ele não é, Ele está acima disso tudo. Como estamos longe de compreender o que Deus quer de nós! Preferimos perder tempo taxando certo e errado, julgando, condenando vidas... A própria palavra fala sobre "leis" ali contidas que foram ditadas apenas por dureza de coração do homem! Como a carta de divórcio escrita por Moisés! Na verdade, leia-se que aquele nunca fora, de fato, o plano de Deus para o homem! Mas como Moisés estava à frente do povo, acabou por tomar posturas que ele "achava/julgava" proceder do Pai. E isso, ao menos como diz a escritura, acabou denunciado, exatamente assim, por Jesus Cristo, que sim, refutou a "Lei". Cristo mostrou que, pela graça, é possível sim refutar valores fúteis do passado. Que há algo mais importante que regras imutáveis! Que o Amor e a Graça são os fundamentos da nossa fé. Quantas vezes isso acontece na bíblia de um valor ali contido poder ser refutado? Ah! Para mim, particularmente, todas as vezes que algo ali rasga o meu coração para a morte e condenação, ou quando o valor desrespeita o sentimento de uma vida, houve sim interferência humana! Tal como quando houve com Moisés! Ainda que esse valor tenha se perpetuado e se repetido inúmeras vezes na Palavra. Pois é óbvio que se repetiria! Tendo-se em vista que é conhecimento transmitido entre gerações. Digo isso pois Deus não é satanás para oprimir, Ele vem como cavaleiro, para convidar, amar, transformar, e só quando realmente é necessário! Ele é quem nos julga! Por isso, acredito com muito amor por todos que devemos lembrar de certa forma que as interpretações são muitas, que todos temos o direito (até mesmo bíblico, para os que creem piamente na letra) de termos nossas compreensões sobre o que realmente vem do Espírito de Deus para nossas vidas e sobre o significado real dessa "letra", talvez devamos nos lembrar que o mais importante no que seria a "Palavra de Deus" é o Amor Dele por nós, o nosso amor a Deus e o amor entre nós, uns pelos outros... Como Cristo ensinou, pois tudo se resume de fato a isso, valores fúteis caem e o respeito por todos surge, quando essa verdadeira e fundamental Lei cristã é cumprida. Obs.: *Diferente dos dois rapazes, tento ser um estudioso minucioso e assíduo da Palavra de Deus há quase 20 anos. E percebo cada vez mais que, de fato, a mesma palavra que traz vida, traz morte. A Vida não está na letra e nos valores, mas na essência do Amor de Deus por nós, se nossa fé estiver na letra, pasmem, será uma fé pequena e fácil de romper, pois será uma fé humana, racional, ligada a tantas futilidades dos homens! Mas se nossa Fé estiver em Deus, em Cristo, no Amor Dele, nos ensinamentos que o Espírito Santo de Deus confirma com alegria e paz por todos em nosso coração, então aí sim haverá amor, respeito, vida, alegria, aceitação e paz entre todos. Bjs, @marcpbb

domingo, 15 de abril de 2012

O QUE É CERTO OU ERRADO?


por Gerd Tassis via Facebook próximo a São Paulo:
Enquanto pessoas tentam ouvir seu próprio pensamento, eu prefiro tentar ouvir os pensamentos de Deus pra mim.

por Marcos Blasques via Facebook próximo a São Paulo:

Pra refletir:

E o que serão, de fato, os pensamentos de Deus? ☺ O certo e o errado dependem realmente de quê para Ele? Será dos principais costumes culturais, sociais, biológicos (etc) dos seres humanos? Pensar assim, não seria limitarmos o Amor e a inteligência de Deus ao plano físico? Considerando que para Ele seríamos como q forçados a agir social e fisicamente aos moldes daquilo que a sociedade ditar? Será mesmo q o Deus a quem servimos e amamos quer isso de nós?

Em toda a história, a sociedade ensinou e cobrou valores de conduta éticos de nós, que acabam ficando impregnados no nosso ♡... Tão encrustados em nossas mentes que se tornaram as bases sociais e legais da sociedade ocidental moderna. Mas são valores que mudam com o passar dos anos! E se mudam assim, eles não seriam humanos? Não seriam resultados da intervenção humana sobre as "leis divinas"? O que seria a maior e mais importante Lei Divina para Deus? O que realmente importa para Ele?

Para Ele, em sua multi forme sabedoria e graça, não importaria muito mais que O amemos sobre tudo e que amemos as pessoas? Será que o resto não é humano? Manipulado conforme os interesses das pessoas sobre o que lhes agradaria mais ser certo ou errado?

Algo que recomendaria seria ler a bíblica, capítulo por capítulo, anotando as passagens contraditórias sobre o que seria o Amor de Deus do lado para ponderar. Pois Leis Divinas não podem mudar! Perdi as contas de quantas vezes eu o fiz. Então compreendi um pouco mais sobre o motivo de Deus nos avisar numa das passagens (que considero real ali) que "a letra mata mas o Espírito vivifica".

Deus já nos antecipava que ali, nas escrituras, existem valores humanos de época não fundamentais, passivos de serem manipulados. (Sim! Pois Ele sabe que as palavras são insuficientes para falar de Seu Amor! E Ele sabe que os homens escreveriam ali muito de seus próprios ideais. O que não significa que a Palavra não seja viva e eficaz.) Percebe-se que é sempre em torno desses valores que giram as discussões perdidas (falácias) e que geram apenas morte, tristeza e dor, discussões já anunciadas na própria bíblia como sendo as "vãs doutrinas"... Geradoras de ódio, perseguição e morte.

Para mim, o Amor de Deus é tão grande que Ele só se importa em estarmos com Jesus Cristo no ♡, anunciando boas novas. Ele não quer que mudemos nossos costumes humanos, quando estes não causem o mal para outras pessoas! Ele só anseia que nós nos amemos e que tenhamos Sua bondade em nossa mente. Sem perseguirmos e julgarmos as pessoas por sua forma diferente de ver o mundo, mas nos abraçando uns aos outros e anunciando que existe Salvação para todos os que crerem. Deus não exige nada de nós, ele nos dá livre-arbítrio e a possibilidade de vivermos felizes.

As pessoas querem arrancar de nós a nossa diversidade cultural e a liberdade, dadas por Deus. Ele nos avisou que tudo passou a ser lícito, mas que nem tudo me convém fazer! Pois há coisas que gerariam o mal para as pessoas, e é isso que desagrada o Pai. Todas as passagens bíblicas sobre os demais valores são completamente refutadas como sendo Leis Divinas, quando analisadas de acordo com o seu contexto histórico... É preciso que vejamos nós mesmos e comprovemos, o quanto a leitura bíblica feita pela sociedade ainda está calcada em "ações humanas" sócio-culturais e não na Essência do Amor de Deus, q construiria uma sociedade justa, viva e amável.

É importante lembrar que os cristãos tradicionais nunca se interessarão em atentar para essas interpretações e reflexões. Não é apenas ali que você precisa pesquisar. Eles falarão apenas da forma que lhes interessa, a partir de leituras "literais" e carnais que desconsideram a historicidade dos dados bíblicos, a etimologia e, até mesmo, as questões das falhas, dos erros humanos. Considerarão ali absolutamente tudo como lei e tentarão forçar o seu cumprimento. Por isso, a letra gerará morte em lugar de vida, sofrimento em lugar de alegria, e trevas (cavernas, bitolas), em lugar de luz, liberdade, vida, felicidade, respeito e Amor Verdadeiro em suas mentes.